Integrantes

GRI LA1

GRI LA2

GRI LA3

GRI LA4

GRI LA6

GRI LA7

GRI LA8

GRI LA9

GRI LA10

GRI LA11

GRI LA12

GRI LA13

GRI LA14

GRI HR4

GRI EC3

GRI EC5

GRI EC7

GRI 2.8

GRI 4.16

Remuneração e benefícios

A Empresa mantém uma política salarial atrativa que inclui remuneração compatível com o grau de desenvolvimento dos profissionais e benefícios que favorecem o clima organizacional e proporcionam qualidade de vida. Os Integrantes contratados recebem vale-transporte (ou transporte fornecido pela Empresa até o local de trabalho), vale-alimentação (ou refeições servidas nas áreas de vivência e refeitórios), seguro de vida, cobertura para incapacidade/invalidez, licença-maternidade e paternidade e plano de previdência privada. No caso dos prestadores de serviços, os benefícios são definidos em contrato entre as empresas e a Odebrecht Agroindustrial, mas de responsabilidade da contratante. Não incluem fundo de aposentadoria.

Todos os salários pagos são superiores ao mínimo nacional. Além dessa remuneração fixa mensal, a Odebrecht Agroindustrial também oferece aos seus Integrantes Participação nos Lucros e Resultados (PLR) e, para os trabalhadores agrícolas, um prêmio mensal ao atingir, em grupo, metas de produtividade, saúde, segurança e meio ambiente. No período, ocorreram cerca de 2,5 mil promoções de cargo.

O PLR dos gestores da área industrial e dos líderes de frente – pessoas responsáveis pelo bom desempenho, pela saúde e segurança na área agrícola – está atrelado ao cumprimento dos desafios e metas estabelecidos no Programa de Ação (PA). Essas metas são pactuadas e partilhadas entre líderes e liderados e 80% do PLR está condicionado ao alcance das mesmas, os outros 20% dependem da análise do Líder Empresarial sobre o liderado, levando em consideração as diretrizes da TEO.

A Empresa também oferece a todos os Integrantes o Plano de Previdência Privada (Odeprev), sendo a participação voluntária. O benefício de contribuição definida inclui pecúlio por morte e invalidez permanente, além de benefício proporcional diferido (BPD), de renda mensal, resgate, portabilidade e autopatrocínio. O Integrante que optar pelo benefício participa com 1% a 12% da remuneração e a Empresa participa com o pagamento de 10% sobre a contribuição mensal acrescido da soma dos percentuais referentes à idade, ao tempo de serviço, ao nível salarial e ao resultado da Empresa. O valor arrecadado de janeiro a dezembro de 2012 foi de R$ 4,7 milhões, dos quais R$ 3,3 milhões vieram de contribuições dos Integrantes.

Com exceção dos estagiários e terceiros, 100% dos Integrantes são representados pelos sindicatos locais dos empregados ou federações dos trabalhadores e estão amparados por acordos coletivos de trabalho. No caso dos empregados de terceiros são seguidas as convenções/acordos da categoria da qual sua empresa faz parte.

Salário mais baixo comparado ao salário mínimo (%)1

2010-2011

2011-2012

2012-2013

São Paulo (Capital)

192%

173%

92%

São Paulo (Interior)

9%

5%

5%

Goiás

15%

13%

7%

Mato Grosso

27%

11%

7%

Mato Grosso do Sul

21%

6%

8%

1 Em todas as Unidades, o piso salarial é definido em acordo ou convenção coletiva: em SP Capital é de R$ 1.973,00; SP Interior, R$ 715,04; GO, R$ 700,00; MS, R$ 760,00; e MT, R$ 726,00.

Salário e remuneração por gênero e região

Salário-base Homens (R$) Mulheres (R$) Proporção (H/M)
Por categoria funcional      
Diretoria / gerência 27.983 21.144 0,76
Administrativo 3.344 2.375 0,71
Técnicos e operacionais 1.526 1.005 0,66
Por região Homens (R$) Mulheres (R$) Proporção (H/M)
Mato Grosso do Sul 1.588 1.088 0,69
São Paulo 1.447 973 0,67
São Paulo (escritório) 15.783 8.483 0,54
Alto Taquari 1.827 1.340 0,73
Goiás 1.839 1.231 0,67
Araguaia 1.835 1.286 0,70
Remuneração (salário-base + adicionais)
Por categoria funcional Homens (R$) Mulheres (R$) Proporção (H/M)
Diretoria / gerência 27.983 21.144 0,76
Administrativo 3.346 2.376 0,71
Técnicos e operacionais 1.535 1.008 0,66
Por região Homens (R$) Mulheres (R$) Proporção (H/M)
Mato Grosso do Sul  1.602  1.093  0,68
São Paulo  1.462  979  0,67
São Paulo (escritório)  15.783  8.483  0,54
Alto Taquari  1.830  1.340  0,73
Goiás  1.842  1.232  0,67
Araguaia  1.838  1.286  0,70