Destaques da safra 2012-2013

Em Governança

  • Mudança da marca ETH Bioenergia para Odebrecht Agroindustrial, em processo de alinhamento com as diretrizes da Organização Odebrecht.
  • Conclusão do Projeto E+, que une em uma plataforma Oracle diversos módulos de gestão e representa agilidade nas operações, segurança empresarial, otimização de processos e transparência. Projeto recebeu investimentos de R$ 60 milhões.

Em Produtividade

  • Conclusão da construção e início da operação da fábrica de açúcar na Unidade Conquista do Pontal (Polo São Paulo), produzindo 167,5 mil t de açúcar na safra.
  • Definição do escopo e aprovação pelo Conselho de Administração do projeto de expansão da Unidade Eldorado (Polo Mato Grosso do Sul), com investimentos da ordem de R$ 858 milhões até 2017, visando triplicar a capacidade de moagem de cana de 2 milhões para 6 milhões de toneladas por safra.
  • Evolução nos indicadores de Segurança, Saúde e Meio Ambiente (SSMA), entre eles a redução da Taxa de Frequência de lesões de 1,7 para 1,5 por milhão de horas/homem trabalhadas.
  • Estabilização das equipes, com diminuição de cerca de 50% na taxa de turnover durante a safra, passando de 47,4% para 25,3%.
  • Investimentos em inovação tecnológica para desenvolvimento de leveduras industriais apresentaram ganhos acumulados da ordem de R$ 46 milhões nas duas últimas safras.

Com Clientes

  • Assinatura do primeiro contrato de fornecimento de etanol com a BR Distribuidora.
  • Exportação de 137 mil metros cúbicos de etanol certificado para os Estados Unidos, volume que representa quase 10% da produção da Empresa.
  • Certificação Bonsucro para duas Unidades – Alcídia (SP) e Rio Claro (GO) – e manutenção da certificação da Unidade Conquista do Pontal (SP).

 

  • +
  • +
  • +